Dia do Idoso: população vive mais e com mais qualidade no Brasil

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email
Entre os benefícios da musculação, estão a maior mobilidade, coordenação motora e equilíbrio  

A população brasileira com 65 anos de idade ou mais cresceu 26% entre 2012 e 2018, segundo o IBGE. Se até a década de 80 a população tinha o aspecto de uma pirâmide (muito mais jovens do que idosos), agora este formato está mudando, e logo eles serão maioria no país. Não é apenas a pirâmide que está mudando, mas também o comportamento dos idosos, que têm buscado viver com mais qualidade, como é o caso de Maria Lúcia Aguiar,  de 93 anos. Longe daquele perfil de idoso que se mantinha em casa, assistindo televisão, Dona Lúcia tem uma agenda intensa de atividades:  pratica musculação três vezes por semana, faz pilates e dança.

“Eu mesma quis fazer academia porque gosto de me cuidar, e digo que é o melhor investimento que podemos fazer, é cuidar da saúde”, declara, acrescentando que seus exames são de dar inveja em muitos jovens.

A professora de Lúcia, Adriana Theopilo, da Academia Personal, explica que o comportamento dela tem sido cada vez mais comum. “Os idosos perderam mais o medo da sala de musculação, com profissionais e locais dedicados a essa prática, com ambientes onde eles encontram pessoas parecidas com a sua realidade. Idosos de 90 anos estão começando a musculação por indicação médica, e relatam diariamente os benefícios. A musculação não é uma coisa que deve ser feita obrigatoriamente desde uma certa idade e ser mantida até a idade madura; se for dessa forma é muito bem-vinda, mas ela pode ser tranquilamente iniciada em qualquer idade”, afirma.

Na musculação são trabalhados vários componentes para o idoso, como a força – que ele precisa para se levantar de uma cadeira; a mobilidade para subir uma escada, levantar a perna para subir um degrau mais alto; a coordenação que ele precisa para andar, o equilíbrio, todas essas variáveis elas são totalmente possíveis de serem trabalhadas dentro de um programa de musculação e adaptadas para a realidade de cada indivíduo, como explica a profissional de Educação Física.

Ainda segundo Adriana, a grande vantagem da musculação é que ela é uma atividade como se fosse uma roupa feita sob medida. Para a rotina do idoso, a musculação é extremamente importante, por propiciar independência, segurança, confiança, fora a parte social, proporcionando a inclusão do idoso em novos grupos amizades. “É um trabalho completo, que abrange o social e a parte física”.

Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.