Dose única de vacina da Johnson e Johnson tem sucesso contra covid

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Uma vacina de dose única segura para COVID-19 foi testada com sucesso em macacos Rhesus, um de nossos parentes mais próximos, e os testes em humanos já começaram.

A vacina Johnson & Johnson chamada Ad26 foi produzida usando um vírus do resfriado comum, um organismo que estimula nosso sistema imunológico.

Em 52 dos primatas, a atividade anticorpos neutralizou as funções e propriedades virais do vírus Sars-COV-2.

“A vacina Ad26 ideal induziu respostas robustas de anticorpos neutralizantes e forneceu proteção completa ou quase completa na lavagem broncoalveolar e nas zaragatoas nasais após o desafio SARS-CoV-2”, dizia o estudo, publicado na Nature por cientistas do Center for Virology and Vaccine Research em Harvard.

Dose única

Esse aspecto de proteção é crítico, pois o Ad26 produziu “proteção completa ou quase completa” no trato respiratório.

A resposta de anticorpos foi desencadeada pela vacina, enquanto também se correlacionava com a classificação de eficácia da defesa após a administração.

Esses resultados sugeriram que os efeitos protetores observados foram devidos à vacina e não ao sistema imunológico do macaco.

“Esses dados demonstram uma robusta proteção vacinal de dose única contra o SARS-CoV-2 em primatas não humanos. A vacina ideal baseada em vetor Ad26 para SARS-CoV-2, denominada Ad26.COV2.S, está atualmente sendo avaliada em ensaios clínicos ”, concluiu a equipe de Harvard.

Humanos

Financiada pelo governo dos EUA, a farmacêutica disse que iniciou testes em estágio inicial em humanos nos EUA e na Bélgica, de acordo com a Reuters.

A J&J vai testar 1.000 adultos saudáveis ​​com idades entre 18 e 55 anos, além de adultos mais velhos. .

Os autores observaram que uma vacina de dose única, como Ad26 é a solução perfeita para a pandemia, mas admitiram que uma administração de duas doses produziria uma defesa imunológica mais forte.

Com informações do GNN / Só Notícia Boa – Foto: divulgação

0
Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.