Especialista explica funções dos fertilizantes e maneira correta de aplicá-los nas plantas

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Bonjardim Ambiental oferece várias opções do produto e consultoria especializada

Os fertilizantes são insumos utilizados para repor as quantidades e equilibrar as proporções de nutrientes essenciais para o crescimento e a saúde das plantas. Dependendo do tipo, podem ser adicionados aos solos ou diretamente nos tecidos vegetais. Fósforo, nitrogênio, potássio, cálcio, magnésio, cobre, ferro e zinco são alguns dos elementos básicos para a vida das vegetações. Alguns desses elementos são necessários em maiores quantidades do que outros. Eles fazem parte de diversas etapas, desde os processos iniciais de germinação até os de reprodução, ou seja, compõem todo o ciclo de vida de uma planta.

Os fertilizantes estão disponíveis no mercado sob variadas formas e podem ser dos tipos minerais, orgânicos, naturais ou sintéticos. Eles são compostos por várias misturas e concentrações desses nutrientes, contribuindo para o melhor funcionamento do metabolismo do vegetal, favorecendo o processo de renovação de tecidos radiculares e foliares e ajudando a minimizar os danos causados pela ocorrência de doenças.

Fabrício Pereira, jardinista e proprietário da Bonjardim Ambiental, empresa especializada em implantação e manutenção de áreas verdes, explica que os solos contêm naturalmente esses elementos necessários, mas muitas vezes há uma relação desequilibrada. “Com a colheita dos grãos e dos frutos, acabamos retirando de forma indireta os nutrientes do solo, já que eles foram utilizados para compor esses materiais. Os fertilizantes são insumos que usamos para repor as quantidades e equilibrar as proporções destes compostos para que a planta se desenvolva de forma potencializada”, pontua.

Para quem está pensando em começar a utilizar fertilizantes nas plantas cultivadas em casa, o jardinista dá três dicas essenciais para fazê-lo de forma correta:

1.       O mais indicado é começar a usar fertilizantes depois da terceira semana de germinação. Sempre comece com doses pequenas. Neste caso, sempre é melhor pecar para menos do que para mais!

2.       Procure por um fertilizante específico para o seu objetivo, seja para ajudar na floração ou para aumentar o brilho das folhas.

3.       Sempre que possível opte por fertilizantes orgânicos. Eles ajudam a reter mais água e tornam mais favorável o crescimento das raízes.

Na Bonjardim Ambiental, o público pode encontrar uma variedade de fertilizantes para cada finalidade específica, além de contar com a assessoria de profissionais especializados que orientam na escolha mais acertada e na forma de aplicação.

Foto: divulgação

0
Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.