Festival TIC na Semana das Crianças terá programação em Fortaleza e Canindé

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Em Fortaleza, além de espetáculos acontece a exposição “Tic-tac, sobe e desce”.

 

Na semana das crianças o 9º TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará terá uma rica programação em Fortaleza e Canindé. Na capital, segue com mais atrações no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, Porto Dragão e Theatro José de Alencar e chega à CAIXA Cultural Fortaleza com espetáculos, performances e exposição, de 10 a 13 (quinta a domingo). Com toda a programação gratuita e atrações que divertem crianças de todas as idades, o TIC é uma ótima opção para famílias comemorarem o final de semana do Dia das Crianças.

Também nesta semana começa o Circuito TIC, com programação em Canindé, de 10 a 13, na Praça dos Mestres e na Praça da Igreja das Dores. Na semana seguinte o projeto de circulação leva o festival para Senador Pompeu (17 a 20), Russas (18 e 19) e Camocim (24 a 27), com espetáculos, performances e exibições de filmes.

 

Na CAIXA Cultural Fortaleza

“Paraíso”, novo espetáculo do Teatro Máquina, marca o início da programação do TIC na CAIXA Cultural Fortaleza. A peça convida o público a refletir sobre a poluição no mar, numa aventura de cinco investigadores de antigas civilizações. As apresentações acontecem no teatro nos dias 10, às 15h, e 11, às 15h e 19h. Nas sessões das 15h, o festival receberá 90 alunos de escolas municipais e projetos sociais. Ambas contarão com serviços de intérpretes de libras e audiodescrição.

Da Dinamarca, onde vive, o festival traz para o teatro da CAIXA Cultural o artista italiano Paolo Nani, reconhecido como um dos nomes mais importantes da comédia contemporânea. Nos dias 12 e 13, às 17h, ele apresenta “Jekyll on Ice”, onde dá vida a um excêntrico e atrapalhado vendedor de sorvetes, em um espetáculo recheado de muito humor, poesia e interação com o público.

O TIC também ocupará o pátio da CAIXA Cultural Fortaleza com espetáculos e instalações artísticas feitas especialmente para o festival. Nos dias 12 e 13 o público poderá desfrutar ainda de uma praça de alimentação, que funcionará das 15h às 19h30. O pátio receberá três montagens teatrais de lambe-lambe. No dia 12, Ângela Escudeiro apresenta “Circo de Toda Gente – Antônio Brasileiro, o equilibrista” e “Surpresa – Cidade Flores”. No dia 13, o Grupo Ânima participa do festival com “Circo Pirilampo”. Cada espetáculo de lambe-lambe tem duração de 3 minutos e é apresentado numa caixinha para um único espectador de cada vez, das 16h às 17h.

A performance Lady LED, criada este ano especialmente pelo TIC e que teve estreia no sábado, dia 5, volta à cena com as quatro damas de pernas de pau adornadas com luzes de LED. Elas se apresentam no pátio da CAIXA Cultural Fortaleza nos dias 11, 12 e 13 à noite. No dia 12, às 18h, a saem em Cortejo para a Praça Verde do Centro Dragão do Mar, onde haverá mais programação do TIC.

EXPOSIÇÃO – No dia 11, às 9h, o festival abre no pátio da CAIXA Cultural Fortaleza a exposição “Tic-tac, sobe e desce”, com obras de seis artistas e dois coletivos de artistas mulheres, somando 18 trabalhos que transitam entre fotografias, aquarelas, ilustrações, desenhos e colagens. As imagens são digitalizadas e impressas, garantindo a conservação das obras, que vão circular em Fortaleza, Canindé, Russas, Senador Pompeu e Camocim. São trabalhos dos artistas Dim Brinquedim, Elane Oliveira, José Albano, Hélio Rola, Raisa Christina, Selo Coletivo (Ceci Shiki e Bruna Beserra), Simone Barreto e Terroristas del Amor (Dhiovana Barroso e Marissa Noana). As imagens serão apresentadas em suporte de forma não convencional e divertida, tendo como inspiração os parquinhos de praças, onde acontece a socialização, as brincadeiras e a criatividade das crianças.

“A escolha pelo conjunto de trabalhos vinha de uma busca por artistas que produzem em diferentes linguagens e que participam de distintos circuitos de arte da cidade. Houve também a intenção de apresentar alguns dos universos das artes visuais de Fortaleza e que essas obras pudessem dialogar com a proposta do TIC, viver essa experiência!”, comenta Carolina Vieira, uma das curadoras da mostra.  Para Flávia Muluc, também curadora, o respeito à diversidade é contemplado na mostra. “O intuito é demonstrar a riqueza e a alegria das diferentes infâncias”.

DRAGÃO DO MAR, PORTO DRAGÃO e TJA

 

E tem mais TIC no Dragão do Mar, Porto Dragão e Theatro José de Alencar. A Cia Oruã, de São Paulo, criada pelo multiartista Mauro Braga, apresenta “E o palhaço, tem concerto?”, com a Orquestra Popular do Nordeste (OPN), de Fortaleza. Num concerto com o quarteto a presença provocadora e carismática do Palhaço Azevedo quebra os protocolos da música clássica, divertindo a plateia. As apresentações acontecem no Theatro José de Alencar no dia 11, às 9h e 15h, para alunos de escolas públicas e projetos sociais, no Teatro Dragão do Mar no dia 12, às 17h, em sessão aberta ao público, e vai ter sessão extra do espetáculo, ao ar livre! No domingo, dia 13, às 17h, o espetáculo também será apresentado no calçadão da Praia de Iracema, próximo à estátua de Iracema, para o encanto e diversão de quem passar pelo local.

Cia Prisma de Artes, que desde 1985 alia teatro e trabalho comunitário e possui um número significativo de montagens infantis, apresenta “A criança mais velha do mundo” no dia 10 no Teatro Dragão do Mar, às 9h e 15h, em sessões exclusivas para escolas públicas e projetos sociais. Com texto de Marcelo Romagnoli e direção de Héctor Vásquez o espetáculo teve estreia nesta edição do TIC, no último dia 5.

No Teatro do Porto Dragão, o Grupo Galhofo, criado há um ano a partir de uma disciplina do Curso de Licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Ceará (UFC), apresenta “O galinheiro de Bragança”. Serão duas sessões no dia 11 exclusivas para alunos de escolas públicas e projetos sociais, às 9h e 15h, e, no dia 12, às 16h, para o público em geral.

No Dia das Crianças, o Barbatuques, de São Paulo, estará na Praça Verde do Dragão do Mar, às 18h30, com o show “Só + um Pouquinho”, título do novo disco e segundo voltado para crianças. Fundado em 1995, o grupo criou uma abordagem musical única, usando percussões corporal e vocal, sapateado e improvisação. Com este trabalho, construiu uma carreira marcada por apresentações em mais de 20 países.

E no Cinema do Dragão tem Cine MIAU no Dia das Crianças, em sessões às 15 e 16h30, com exibição de curtas-metragens. Lançado em maio deste ano, o MIAU – Mostra Internacional Infantil de Audiovisual surgiu com a ideia de despertar nas crianças valores como sustentabilidade, preservação ambiental, cidadania, família e amizade, democratizando conteúdo audiovisual de qualidadecom foco no protagonismo infantil. Em exibição, filmes que estão fora do circuito da cultura de massa, diversificando as referências artísticas e culturais das crianças.

 

Apresentado pelo Ministério da Cidadania, CAIXA Cultural Fortaleza e Enel, o 9º TIC é uma realização do Governo Federal, por meio do Ministério da Cidadania, via Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tem o patrocínio da Cagece e CAIXA. Apoio institucional: Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. Apoio: Instituto Dragão do Mar, Prefeitura Municipal de Fortaleza, através da Secretaria de Cultura (Secultfor) e da Secretaria Municipal de Educação (SME). Parceria: Centro Cultural Dragão do Mar, Porto Dragão, Centro Cultural do Bom Jardim, Theatro José de Alencar e Ação Humanitária. Promoção: Invento Produções Culturais, D’Grau Produções e Instituto Seara. Agradecimento: Enel.

 

SERVIÇO

TIC – Festival Internacional de Teatro Infantil do Ceará – Em Fortaleza (4 a 13/10), Canindé (10 a 13), Senador Pompeu (17 a 20), Russas (18 e 19) e Camocim (24 a 27). Toda a programação do TIC tem acesso gratuito. Para os espetáculos no teatro da Caixa Cultural Fortaleza, distribuição de senhas gratuitas 1h antes do início da sessão, na bilheteria. Mais informações: www.festivaltic.com.br

 

Endereços:

CAIXA Cultural Fortaleza: Av. Pessoa Anta, 287 – Praia de Iracema

Theatro José de Alencar:  R. Liberato Barroso, 525 – Centro

Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura: Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema

Porto Dragão: Rua Boris, 90 – Praia de Iracema

Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.