No Dia das Crianças, oftalmologista alerta pais sobre cuidados com saúde ocular dos pequenos

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Renata Vasconcelos, médica oftalmologista, elenca cuidados simples que devem ser levados em consideração desde a infância para prevenir futuros problemas

Comemorar o Dia das Crianças com brincadeiras e diversão é algo que os pequenos aguardam ansiosamente pelo ano inteiro. E ter essas experiências com a garantia de que estejam bem de saúde, então, é o sonho das mamães e dos papais. Por isso, é importante que, desde novinhos, visitem regularmente oftalmologistas. O cuidado contínuo com a saúde ocular previne o desenvolvimento de problemas e oferece garantia de qualidade de vida. De acordo com Organização Mundial da Saúde (OMS), os conhecimentos médicos atuais permitem prevenção ou tratamento efetivo de pelo menos 60% das causas de cegueira e severo comprometimento visual infantil.

Os cuidados começam cedo, após o nascimento, e devem acompanhar as crianças até a vida adulta. “Tudo começa na maternidade, com teste do olhinho, um exame rápido que ajuda no diagnóstico e na prevenção de doenças oculares, mas não para por aí. O acompanhamento oftalmológico é vital durante a infância e deve ser intensificado de acordo com cada caso. A importância dessa atenção à visão no começo da vida, principalmente na primeira infância, período crítico para o desenvolvimento visual, é essencial”, alerta Renata Vasconcelos, médica oftalmologista da Clínica de Olhos Massilon Vasconcelos.

Além do acompanhamento oftalmológico, outras atitudes são importantes para manter a saúde ocular dos pequenos em dia. De acordo com Renata, muitos problemas são agravados em consequência de hábitos inadequados, como coçar os olhos e ficar muito tempo em frente a telas de eletrônicos.  A médica oftalmologista listou alguns cuidados que os pais ou responsáveis devem ter quando o assunto é a saúde ocular das crianças. Confira:

Atenção a alterações nos olhos

Alguns problemas oculares podem ser percebidos a partir de sinais e sintomas típicos. Portanto, caso sejam observadas alterações, como produção de secreção, lacrimejamento constante, vermelhidão, irritação, manchas nos olhos e reclamação de visão embaçada ou redução do campo de visão, por parte da criança, um oftalmologista deve ser procurado.

Proteção contra raios UV

A radiação ultravioleta do sol pode causar efeitos nocivos aos olhos das crianças e também dos adultos. Por isso, é recomendado o uso de óculos solares para garantir a saúde dos olhos. Vale destacar a importância de conhecer a procedência dos óculos adquiridos, uma vez que muitos não oferecem a proteção necessária contra os raios UV.

Foto: divulgação / Freepik

0
Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.