Plataforma cearense Banco de Talentos conecta candidatos a vagas de emprego

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

A FCDL-CE registrou mais de 53.100 acessos desde a implantação da plataforma, em julho de 2020

A aceleração tecnológica e as mudanças econômicas são temáticas inerentes à pandemia do novo coronavírus. Milhares de empresas experimentaram pela primeira vez o home office, outras precisaram fechar, alguns segmentos mais preparados para o consumo digital conseguiram se manter e, diante de todas as transformações estruturais, o mundo do trabalho busca alternativas para se manter aquecido.

Atenta a este cenário, a FCDL-CE, que já planejava a implementação de um sistema de recrutamento mesmo antes de 2020, lançou o Banco de Talentos. Para contribuir com recrutamentos de empresas e conectando-as com quem busca oportunidades, em julho do ano passado a plataforma começou a receber currículos e cadastros de empresas com vagas disponíveis. Além disso, abriu também um mural de divulgação dessas vagas na página principal do site.

“O cenário da pandemia gera impactos positivos e negativos em qualquer segmento, mas quando se trata de geração de renda, nós somos muito empenhados para contribuir positivamente, não só em Fortaleza, mas em todo o estado”, destaca Freitas Cordeiro, presidente da FCDL-CE. O site fcdlce.com.br/bancodetalentos contabiliza 53.105 visualizações, tem em sua base de dados 2.470 currículos e até o momento já divulgou 884 vagas.

A gestora da plataforma Banco de Talentos, Flávia Chagas, especialista em recrutamento e seleção ressalta que empresas são formadas por pessoas e a preocupação está nelas. Para obter melhores resultados, Flávia destaca a busca por conhecimento através de cursos segmentados e o detalhamento das experiências afins, mesmo as informais, como pré-requisitos em seleções.

A gestora da plataforma avalia a importância de um candidato estar antenado às mudanças em sua área. “Toda a jornada de consumo foi alterada, vários elementos das novas tecnologias entraram de vez nas profissões. Temos que buscar habilidades digitais para estarmos adaptados à realidade das empresas. Elas buscam versatilidade na área de atendimento, senso de liderança e de trabalho em equipe”, explica Flávia.

SERVIÇO
Para cadastro de currículo e pesquisa de vagas abertas acesse: www.fcdlce.com.br/bancodetalentos
Inscrição gratuita.
Mais informações: (85) 98540-9017

Foto: divulgação

0
Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.