Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Dia Nacional do Surdo e a importância dos exames preventivos

Compartilhe Essa notícia

O dia 26 de setembro, Dia Nacional do Surdo, é uma dia importante para destacar a importância da prevenção e o diagnóstico precoce da surdez. A data marca a criação da primeira escola de surdos no Brasil, no Rio de Janeiro, em 1857. Cerca de 10 milhões de brasileiros possuem alguma deficiência auditiva. “Quando diagnosticada rapidamente, a maioria dos casos de perda auditiva são facilmente tratadas através da utilização de aparelhos auditivos, evitando que o quadro evolua para a surdez. Justamente por isso é imprescindível realizar exames auditivos ao menos uma vez por ano”, diz o Diretor da  Cooperativa dos Otorrinolaringologistas do Estado do Ceará (Coorlece), Dr. Samuel Rachid de Vasconcelos.

O que é a surdez

A surdez é ausência, perda ou diminuição considerável do sentido da audição. Ela pode acontecer por causas congênitas, quando a pessoa já nasce com a deficiência, ou adquirida ao longo da vida, por uma predisposição genética, traumatismo ou doença que afete este órgão.

Causas da perda de audição

Bebês

De acordo com o otorrinolaringologista o presidente da Cooperativa de Otorrinolaringologistas do Ceará,  João Paulo Bastos, ao nascer, por exemplo, o bebê pode vir ao mundo com uma deficiência auditiva por problemas na gestação.  ” Se a mãe teve sífilis, ou rubéola durante a gravidez e mãe é usuária de droga, pode ser que a criança nasça com problemas no ouvido. Por isso importância do teste da orelhinha, que é  um exame rápido e indolor e que pode diagnosticar problemas na audição em quase 100% dos casos, se realizado nos primeiros seis meses de vida”, explica.

Crianças

É preciso bastante atenção com as otites em crianças. O problema deve ser tratado com cuidado.  Verificar se a caderneta de vacina dos pequeninos está em dias é imprescindível. Só para os pais ficarem atentos, ” doenças como meningite e caxumba podem causar perda de audição” , explica o médico.

Jovens

O uso irregular dos equipamentos de som é um grande problema.  Segundo o presidente da Cooperativa de Otorrinolaringologistas do Ceará,  João Paulo Bastos, “se você utiliza muito fone de ouvido e num volume bem alto, essa prática pode causar perda irreversível da audição. Apesar de ser prazeroso para algumas pessoas ouvir a música no volume máximo, a conseqüência deste “prazer” é  a destruição das células auditivas. É importante utilizar os fones com moderação e não escutar música muito alta ou por muito tempo”.

Outras causas

Algumas doenças como por exemplo:

*Otosclerose – formação anormal de osso esponjoso perto do estribo e da janela do vestíbulo da orelha, provocando perda progressiva da audição, sem que haja doença na tuba auditiva ou na membrana timpânica.

*AVC

*Perdas progressivas causadas pela idade.

Tipos de Surdez

É possível descobrir qual o tipo de surdez – se ela é leve , moderada, severa ou  profunda através de um aparelho chamado audiômetro, que mede os níveis de audição em decibéis.

Prevenir é sempre melhor!

Recapitulando, segue abaixo algumas dicas de como prevenir a perda auditiva

– Evite a exposição a ruídos intensos. Se possível, use tampões de ouvido.

–  Está grávida? Exames pré-natais podem evitar surdez na criança.

–  Bebê nasceu? Teste da Orelhinha!

– Caderneta de Vacinação da criança em dia para impedir que tenha contato com doenças que deixem sequelas como a surdez.

– Nada de tomar remédios ototóxicos sem prescrição médica.

Percebeu que está com dificuldades em ouvir direito? Busque ajuda!  Marque uma consulta com um otorrinolaringologista. Ele é o médico especializado em ouvido, nariz e garganta.  Além do exame de audiometria, o especialista irá fazer a avaliação clínica para diagnosticar qualquer problema auditivo, entre eles: perda, zumbido, dentre outros.

Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.