Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

Mulheres do Brasil apresenta manifesto pela erradicação da violência contra a mulher

Compartilhe Essa notícia

O núcleo Fortaleza participa de cerimônia, nesta quarta-feira (7), na Casa da Mulher Brasileira

Sempre em busca de melhorias para a sociedade e o mundo, o grupo Mulheres do Brasil lança, nesta quarta-feira (7), o “Manifesto pela Erradicação da Violência contra a Mulher: que as vozes femininas sejam ouvidas e respeitadas”. O texto será apresentado durante a cerimônia em alusão a data de combate a violência contra a mulher.

O evento é promovido pela Casa da Mulher Brasileira e contará com a participação de autoridades, dos movimentos ligados a igualdade de gênero e combate à violência, além da presença da Maria da Penha e de show com Tião Simpatia, autor do cordel sobre a Lei Maria da Penha, que será declamado pela cordelista mirim, Samya Abreu. Annette de Castro, líder do núcleo Fortaleza do Grupo Mulheres do Brasil, irá apresentar o manifesto para os presentes.

Grupo Mulheres do Brasil

Composto por mulheres voluntárias de todo o País, atuantes em diversos segmentos da sociedade, o Grupo Mulheres do Brasil surgiu há 5 anos com o objetivo de promover ações e discutir temas relacionados à educação, igualdade social, empreendedorismo, combate à violência contra as mulheres, cotas e projetos sociais, a partir da experiência, expertise e networking de suas participantes. Suas trajetórias são utilizadas como exemplos e modelos para a constante melhoria da vida das mulheres brasileiras e como combustível para as transformações sociais do País.Em mais de 20 núcleos, espalhados por todo País e 9 núcleos no exterior, elas somam mais de 20 mil participantes engajadas em projetos distintos e promovem reuniões mensais para o acompanhamento e execução de uma agenda propositiva, que causem impacto social, em âmbito local e nacional, e na realidade do País.

Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.