[PÚBLICO A EVENTOS] CONFIRA AQUI transmissão de eclipse raro pelo Observatório Nacional

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Um eclipse solar bastante especial, mas que não foi visível para quem mora no Brasil, aconteceu nesta manhã. O melhor lugar de visibilidade do fenômeno foi a faixa que vai do centro-sul do Canadá, passa pela Groenlândia e termina no nordeste da Rússia. Nessas regiões, ocorreu o que os pesquisadores chamam de eclipse anular.

É quando a sombra da Lua, que fica entre a Terra e o Sol, não é suficiente para cobrir a nossa estrela. Mas é quase. No auge do eclipse anular, foi possível ver um aro de fogo solar ao redor da Lua. O eclipse parcial pôde ser visto na costa leste da América do Norte e no norte da Europa e da Ásia.

O próximo eclipse anular visível no Brasil será no dia 14 de outubro de 2023.

Alguns canais transmitiram esse espetáculo natural pela internet. Entre eles, o do Observatório Nacional, no YouTube. De acordo com a instituição, o eclipse desta quinta-feira começou por volta das 5h da manhã e o ponto máximo foi às 7h42, no horário de Brasília.

O fim do eclipse parcial será às 10h11, de acordo com o Observatório Nacional. “Importante ressaltar que esses horários não são todos para um mesmo local, mas sim para o primeiro local que vai ver o início e o último local que vai ver o fim. Em um determinado local a duração do eclipse anular é de somente alguns minutos”, explica o Observatório Nacional.

live foi conduzida e comentada pela pesquisadora do Observatório Nacional Josina Nascimento e pelo astrônomo James Solon, do Grupo de Astronomia de Pernambuco (AstroPE).

Confira aqui https://www.youtube.com/watch?v=z_XgBcMWsNY

Fonte: Agência Brasil por Victor Ribeiro – Edição: Kelly Oliveira – Foto: NASA/ Bill Ingalls

Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.