[PÚBLICO A TURISMO] Fortaleza é líder entre os destinos turísticos mais procurados no Brasil

Compartilhe Essa notícia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on email

Fortaleza (CE) e Salvador (BA) dividiram a primeira colocação em vendas de pacote para o último mês

O mês de agosto foi de boa movimentação de turistas nos destinos de sol e praia do país, principalmente no Nordeste. Foi o que trouxe um levantamento da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa), apresentado na terça-feira (21.09). As cidades de Fortaleza (CE) e Salvador (BA) apareceram no topo dos destinos mais vendidos do último mês. Além das duas capitais, outras duas cidades nordestinas tiveram aumento expressivo no número de pacotes comercializados pelos operadores: São Luís (MA) e Maragogi (AL).

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, o Nordeste tem despontado na retomada do setor, atraindo mais visitantes e se aproximando dos níveis pré-pandemia. “Mês a mês temos visto números crescentes no nosso setor, fruto do avanço da vacinação no país e do aumento no interesse dos brasileiros em sair de casa e conhecer, ou até mesmo, revisitar destinos nacionais. Nosso país tem belezas únicas que merecem ser conhecidos. Contem com o Ministério do Turismo para o desenvolvimento do nosso setor”, disse.

Ainda no ranking do levantamento, Gramado (RS), Natal (RN) e São Paulo (SP) aparecem entre os queridinhos dos turistas brasileiros. O Rio de Janeiro (RJ) completa a lista dos destinos com aumento repentino no número de pacotes vendidos. O estudo mostrou, ainda, que duas em cada três vendas realizadas foram feitas para alguma cidade do país. Desse total, 31% foram usufruídas ainda no mês de agosto e 43% para embarques até o final deste ano.

SELO TURISMO RESPONSÁVEL – Antes de viajar, é importante verificar a adoção de protocolos de biossegurança pelos estabelecimentos turísticos do país. Para isso, o Ministério do Turismo recomenda uma série de medidas para uma viagem segura, por meio do selo “Turismo Responsável”, iniciativa que estabelece boas práticas de biossegurança para 15 atividades do setor e para turistas. Há protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 que podem auxiliar na retomada segura das atividades turísticas.

O selo está disponível para meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, dentre outros e pode ser obtido de maneira rápida e segura de forma online. Para saber mais, clique AQUI.

Fonte: MTur por Victor Martins – Foto: Jade Queiroz/MTur

Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.