Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

[PUBLICOA DESTAQUE] Conheça o Arvorar, o novo parque do Beach Park; acesse aqui e veja vídeo

Compartilhe Essa notícia

Em breve, o destino turístico Beach Park vai ganhar seu segundo parque, um espaço para promover de forma divertida a educação e consciência ambiental, onde os visitantes de todas as idades poderão aprender sobre a importância do bem-estar animal e da nossa biodiversidade através de experiências lúdicas e muito entretenimento. Assim é o Parque Arvorar, lançamento do Beach Park Entretenimento apresentado à imprensa e convidados nesta quarta-feira (8/11). Localizado no município de Aquiraz/CE no bairro Vila Terra Brasilis – a apenas 25 minutos do complexo Beach Park e de Fortaleza –  o Arvorar tem previsão de abertura ao público no primeiro semestre de 2024.

Veja vídeo https://www.youtube.com/watch?v=LkSarjAjuT8

O parque contará com mais de 20 atrações. Logo na entrada, o público vai se deparar com um mundo colorido e cheio de sons, sendo recebido por um grande portal em formato de Jandaia (ave símbolo do Ceará), esculpido pelo artista cearense Narcélio Grud, que marcará o início de um passeio surpreendente. Um circuito de trilhas aéreas (com desafios e escorregadores) e um grande redário (de cordas tensionadas) darão ao público a oportunidade de brincar ou descansar perto da copa das árvores, criando momentos de conexão com a natureza. Ponto central do Arvorar, a torre em formato de ninho de pássaro, onde cada um de seus quatro andares contará curiosidades sobre nossa fauna e flora, dará uma visão 360 graus do parque e dos seus arredores.

Como atração principal o Arvorar terá 3 grandes aviários de imersão, com área total de 3 mil m2, onde o público poderá observar, em um trajeto monitorado por educadores ambientais, cerca de 250 animais, reunindo aves da fauna brasileira, além de outras espécies como alguns répteis e pequenos mamíferos. Anfiteatro, playgrounds, restaurante, diferentes tipos de visitas guiadas e janela com vista dos bastidores – onde será possível observar as atividades do corpo técnico do parque, como nas áreas de maternidade, bem-estar animal e nutrição – completam as atrações.

Além do entretenimento como forma de educação ambiental, o Parque Arvorar também se dedicará a ser um equipamento voltado a construir pontes entre a comunidade científica e público em geral, com o desenvolvimento de soluções ambientais com impacto positivo.  Com uma completa infraestrutura para cuidar, contribuir com a reabilitação e permitir que alguns animais tenham a oportunidade de voltar à Natureza, o parque já iniciará suas atividades com o projeto Refauna Arvorar, iniciativa de repovoamento de aves nativas do Ceará ameaçadas de extinção, em parceria com as ONGs Associação Caatinga e Associação de Pesquisa e Preservação de Ecossistemas Aquáticos (Aquasis).

O Refauna Arvorar dará início ao trabalho de conservação, no município de Aquiraz/CE, com a espécie Jandaia-verdadeira (Aratinga jandaya). Em seguida, o trabalho continua com a espécie Periquito Cara-Suja (Pyrrhura griseipectus), para repovoamento na Reserva Natural da Serra das Almas, em Crateús/CE, mantida pela Associação Caatinga.

A visão de futuro do projeto contempla a inclusão posterior de outras espécies a serem trabalhadas, visando sua reintrodução no meio ambiente. “É propício que o projeto inicie com as jandaias verdadeiras. E a experiência adquirida com esses primeiros passos trará o ensejo para repatriar papagaios, araras, guarás e até mesmo os flamingos que há muito tempo desapareceram do solo cearense”, avaliam Sandino Moreira, Weber Girão e Fábio Nunes, biólogos parceiros do Projeto Refauna Arvorar.

BEM-ESTAR ANIMAL E RETORNO À NATUREZA

Para desenvolver o trabalho de atendimento ao público e aos animais, o parque contará com uma equipe multidisciplinar, com 64 colaboradores entre veterinários, biólogos, zootecnistas, educadores ambientais, cuidadores dos animais, além de equipes operacional e administrativa.

De acordo com o CEO Murilo Pascoal, o Arvorar seguirá o propósito do Beach Park de criar momentos felizes, promovendo entretenimento com base na educação ambiental e na conservação de todas as espécies lá presentes, impactando positivamente a sociedade e atendendo a todas condições exigidas em lei para manejo e suas respectivas medidas higiênico-sanitárias e de bem-estar animal.

 “O Arvorar teve um planejamento de quase três anos e foi pensado ainda na pandemia. O crescimento dos números de apreensão de animais no Ceará também nos impulsionou a criar um equipamento que pudesse receber esses pássaros, para que possam ser cuidados com a devida estrutura, contribuindo para a reabilitação, com chances bem maiores de retornarem à Natureza. Aliamos isso ao que sabemos fazer melhor, que é criar momentos felizes. Assim, o parque irá promover a educação de forma divertida, buscando a conservação ambiental e permitindo uma experiência surpreendente de entretenimento para visitantes e suas famílias”, diz Murilo Pascoal.

A grande maioria dos animais será encaminhada ao parque via Secretaria de Meio Ambiente do Estado do Ceará (SEMACE), é o órgão responsável pela destinação da fauna apreendida e resgatada do tráfico de animais. O local irá contar com estrutura completa para atendimento dos animais com equipamentos de ponta, podendo realizar diversos procedimentos como exames de sangue, ultrassom e raio-x, atuando como ponto de apoio no cuidado com a fauna local.

“No Parque Arvorar, os animais provenientes de apreensões, vítimas de tráfico e maus tratos serão tratados físico e comportamentalmente antes de irem para os aviários. Aqueles que estiverem aptos à soltura serão encaminhados para instituições parceiras para serem devolvidos à natureza, após reaprenderem a voar, exercitar a musculatura, formar bandos e reaprenderem a sobreviver. Tudo vai depender da nossa avaliação técnica diária juntamente com os parceiros do projeto Refauna”, explica a zootecnista Leanne Peixoto, gerente do parque, que complementa: “nosso propósito não permite que um animal fique a vida toda no parque tendo condições de retornar. Se ele tiver condições de viver na Natureza, iremos trabalhar para isso acontecer”.

O Arvorar terá a capacidade de receber animais de qualquer parte do Brasil, prioritariamente da fauna silvestre, valorizando nossa biodiversidade, respeitando as instalações adequadas e executando todos os protocolos sanitários exigidos.

“As espécies serão alocadas de acordo com o porte e ambientação de cada aviário. É visto o tipo de vegetação, tipo de solo, tamanho da cobertura vegetal, altura das árvores, etc. A composição dos aviários busca sempre o mais próximo do habitat natural destas espécies. O parque também terá modalidades de visita guiada, atendendo grupos e escolas mediante visitas agendadas, e visitas técnicas para universidades ou instituições interessadas no projeto. Há previsto, ainda, eventos sazonais para o público, envolvendo peças teatrais, atividades lúdicas inclusive em datas comemorativas como Páscoa, Dia das Crianças e Dia dos Animais”, conta a gerente Leanne Peixoto.

PAIXÃO PELA NATUREZA EM EXPERIÊNCIAS EDUCATIVAS SURPREENDENTES

O Parque Arvorar está localizado num ambiente de mata de tabuleiro – zona de transição que reúne ecossistemas dos biomas da caatinga, cerrado e mata atlântica –  na beira da Lagoa do Mato, em Aquiraz, com 20 mil m2 de tamanho. Uma das árvores de destaque do Parque é o cajueiro, uma planta tipicamente nordestina. O plano de ocupação visou manter a vegetação original, com os espaços administrativos funcionando em contêineres pré-fabricados.

O parque oferecerá ao público atividades de lazer, bem-estar, educação e conservação, a fim de promover uma experiência surpreendente, com vivências divertidas que estimulem o aprendizado contextualizado e investigativo sobre a natureza brasileira. No parque, os visitantes poderão observar os animais e plantas, conhecer mais sobre as espécies e suas particularidades, além de praticar atividades ao ar livre e desfrutar de momentos únicos com a família.

Para mais informações acesse o site: www.parquearvorar.com.br

Foto: divulgação
Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.