Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

[PUBLICOA DESTAQUE] Fortaleza é a 1º cidade do Nordeste e 3º do Brasil que mais investe em áreas verdes, segundo Tree Cities of the World 2023

Compartilhe Essa notícia

Na semana em que se comemora o Dia da Árvore, Fortaleza foi premiada pelo segundo ano consecutivo com o certificado de Cidade Árvore do Mundo (Tree Cities of the World), que reconhece os esforços internacionais para cultivar e manter áreas verdes urbanas. No ano de 2023, apenas 159 centros urbanos em várias partes do mundo foram selecionados para participar dessa iniciativa. Desse total, 34 são do Brasil, e Fortaleza está em primeiro lugar entre as cidades do Nordeste, sendo também a terceira no Brasil, ficando atrás apenas do Rio de Janeiro e de Goiânia.

Para obter o reconhecimento de Cidade Árvore do Mundo, Fortaleza demonstrou seu compromisso e atendeu aos cinco requisitos do programa: estabelecer responsabilidade pelo cuidado das árvores, definir regras e alocar recursos para o manejo florestal, manter um inventário atualizado e realizar uma celebração anual das árvores para educar os munícipes.

De acordo com Luciana Lobo, titular da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente (Seuma), foram plantadas, em 2022, aproximadamente 38 mil árvores, um número que quase dobrou em 2023, chegando a 72 mil. “A importância desse programa reside no fato de que as árvores e áreas verdes desempenham um papel fundamental na melhoria do ambiente urbano. Elas reduzem a poluição do ar, fornecem sombra, minimizam altas temperaturas, contribuem para a saúde mental e física das pessoas e ainda promovem a biodiversidade e o embelezamento do cenário”, destaca.

Esse reconhecimento é resultado do trabalho da Prefeitura de Fortaleza em ampliar a cobertura vegetal da Capital. Desde 2021 até o momento, mais de 197 mil mudas foram plantadas, em um esforço realizado pelas secretarias de Urbanismo e Meio Ambiente, Infraestrutura e Autarquia de Urbanismo e Paisagismo de Fortaleza. Além do plantio, a gestão municipal tem investido na requalificação dos parques urbanos, transformando esses espaços em locais de convívio para a população, a exemplo do Parque Rachel de Queiroz e da Lagoa do Mondubim.

Fique ligado

A participação do cidadão é de suma importância para impulsionar ainda mais esse resultado. É possível solicitar uma árvore por meio do Plano de Arborização da Cidade, administrado pela Seuma, pelos seguintes projetos: Árvore na Minha Calçada, Uma Criança, Uma Árvore, Doação de Mudas na Ciclofaixa, Doação de Mudas Arbóreas Semi-Adultas na Seuma, Troca de Mudas por Recicláveis e Projeto Sementinha.
Parte superior do formulário

Saiba mais

O Tree Cities of the World é um programa internacional liderado pela Fundação Arbor Day e pela Organização para a Alimentação e Agricultura das Nações Unidas (FAO/ONU). Lançado em 2019, ele atua no reconhecimento de cidades comprometidas em garantir que suas florestas e árvores urbanas sejam adequadamente mantidas e gerenciadas de forma sustentável, bem como devidamente celebradas.

O programa busca estimular localmente ações para um impacto em questões que são globais, como os desafios às mudanças climáticas, uma vez que as cidades são responsáveis por uma grande parcela das emissões de gases de efeito estufa desempenhando um papel fundamental no combate às mudanças climáticas. Assim, o principal objetivo do programa é conectar cidades ao redor do mundo em uma rede dedicada a compartilhar e adotar abordagens bem-sucedidas para o manejo do verde urbano para a qualidade de vida de sua população, ao contribuir para a construção de cidades mais sustentáveis e resilientes em todo o mundo.

Foto: Daniel Calvet

Picture of Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.