Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.
Pesquisar
Close this search box.

[PUBLICOA EVENTOS] GRANISTONE participa da Vitória Stone Fair com produto diferenciado

Compartilhe Essa notícia

A empresa genuinamente cearense GRANISTONE participou  da feira da Vitoria Stone Fair e foi um dos destaques com o lançamento de dois novos materiais: O Azurita e a Ametista, que chamaram a atenção por se tratar de um material único, que agrega valor e luxo a qualquer ambiente. 

 

“Além do nosso compromisso em todos os níveis, poder participar da Vitoria Stone Fair é sempre um marco e uma confirmação de representatividade e visibilidade para o segmento, no maior evento do setor de Rochas Naturais das Américas”, afirma Sheldon Sarmento, sócio da empresa. “Trouxemos um ambiente revestido de azurita com o objetivo de remeter a ideia de estar dentro de uma caixa de jóias”, afirma.

 

Segundo Vivian Coser, arquiteta e idealizadora do projeto, foi pensado em fazer uma mesa completa de chapa de ametista, despertando muitos olhares, devido à nobreza do material. 

 

 
 
SOBRE OS MATERIAIS:

Bio Azurita (semipreciosa). De coloração azul profunda e brilhante, extraída na Paraíba é um dos nossos lançamentos da feira, em destaque para o espaço da Granos, em formato de caixa, dando ideia de como se fosse uma caixa de jóias, valorizando o material como ele merece. A diferença da azurita para outras rochas que temos, é que além de ela ser uma semi preciosa, é um pegmatito extraído na Paraíba, e tem a coloração inigualável em relação às demais rochas e sua extração é exclusiva da pedreira .

Bio ametista (semipreciosa): De tonalidade roxa encantadora, que transcende a beleza convencional. O tampo de mesa de ametista foi feito com uma chapa inteira do material e possui acabamento chanfrado nas laterais. Extraída diretamente do Ceará.

 

 

 

SOBRE A GRANISTONE

Fundada no Ceará, em 1989, as primeiras páginas da história da Granistone coincidem com a criação do “Programa de Incentivo à Indústria de Granito Ornamental”, elaborado pelo Governo do estado no ano anterior com o ímpeto de estabelecer o Ceará como polo produtor de granito no país.

Foi no distrito de Santa Quitéria, na Mina Asa Branca, onde se deram os primeiros passos da empresa na extração do granito. A abertura econômica do Brasil para o mercado externo durante a década de 1990 foi peça chave na consolidação da Granistone como uma importante produtora e exportadora de rochas ornamentais. Alcançando uma posição de prestígio no mercado internacional, a empresa foi uma das responsáveis por um aquecimento expressivo do setor.

Com o crescimento das atividades no Brasil e conquistando a confiança de seus clientes tanto no Brasil quanto no mercado internacional, foi possível expandir as atividades e aproveitar as condições econômicas favoráveis dos primeiros anos do século XXI. Ao granito no Ceará, somou-se a extração de mármores, pedras semipreciosas e exóticas em outras jazidas pelo território brasileiro. Além disso, sua atuação foi ampliada para as diversas etapas da cadeia produtiva: desde o beneficiamento do material extraído, até a sua aplicação em obras. 

Esse crescimento, fruto da atuação competente e confiável no mercado ao longo de três décadas, é um testemunho do rigor técnico da Granistone e do alto padrão de seus profissionais. A qualidade das rochas é fruto de intensa pesquisa geológica, com mapeamento das jazidas potenciais para a extração; da mesma forma, a experiência e a presença da empresa ao longo de todo o processo – da extração à instalação –, bem como o seu profundo respeito pelos materiais, resultam não apenas em produtos de altíssima qualidade, mas num processo que culmina na incorporação de verdadeiros objetos de arte aos projetos arquitetônicos.

Tudo isso é realizado com a observação de exigentes padrões de sustentabilidade e uma preocupação genuína com o meio ambiente: o envolvimento com o Instituto Terra, o esforço de reutilização de recursos hídricos e a opção por priorizar o uso de energia solar concorrem para manter a empresa como uma referência de sustentabilidade no ramo.

 

Se para o renascentista a boa arte estava intimamente relacionada à natureza, e para o moderno a tecnologia seria capaz de mesclar a arte e a vida, os materiais da Granistone são capazes de desempenhar um equacionamento sensível entre a herança tradicional clássica prezada pelos renascentistas com a sofisticada dinâmica moderna.

 

SOBRE A VITORIA STONE FAIR

A Vitoria Stone Fair reúne grandes empresas de extração e beneficiamento de rochas naturais, equipamentos, máquinas, insumos e tecnologias de todas as partes do mundo.

Ao longo dos anos, o evento tornou-se referência em pedras naturais nas Américas euma das mais importantes feiras no calendário mundial do setor.

A Feira é reconhecida como uma excelente oportunidade para realizar negócios, avaliar produtos e serviços, trabalhar ferramentasde marketing, ampliar ações e lançamentos, fortalecer parcerias e prospectar novos mercados.

A Vitoria Stone Fair proporciona experiências personalizadas para todos os públicos envolvidos no evento: empresas do setor de rochas, construtoras, arquitetos, designers, soluções tecnológicas e equipamentos.

 

Serviço:

Site: https://granistone.com.br/

Instagram: @granistonearocha

Contato +55 (85) 3241-4560email: [email protected]Endereço: R. Vicente Linhares, 500 – Aldeota Fortaleza – CE 

Foto: divulgação

 

Picture of Rodrigo Kawasaki

Rodrigo Kawasaki

Editor-chefe da Público A.